700 lojas fecharam as portas em Alagoas no ano passado

pesquisa
A crise econômica que assola o Brasil pegou em cheio os empresários brasileiros, sobretudo os do setor varejista. Em 15 anos, este é o pior cenário. A afirmação é feita baseada na pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo que aponta o fechamento de mais de 95 mil lojas varejistas no País, o que representa um encolhimento de 13,4%. O Estado de Alagoas ocupa o sétimo lugar no ranking, com 695 estabelecimentos fechados.

De acordo com a Pesquisa Mensal de Comércio do IBGE, de janeiro a novembro de 2015, o varejo registrou queda de 4% no volume de vendas. As maiores quedas foram registradas nas lojas de materiais de construção (-18,3%), informática e comunicação (-16,6%), móveis e eletrodomésticos (-15%) e comércio automotivo (-14,9%).

Fechamento de supermercados
Os hipermercados, supermercados, mercarias, no entanto, registraram o maior número de lojas fechadas. Em relação a 2014, a pesquisa registrou o incrível número de menos 25,6 mil lojas. Esse segmento corresponde a um em cada três estabelecimentos comerciais no País.

Em Alagoas, o Hiper Bompreço da Buarque de Macêdo, no Centro, exemplifica a situação de recessão. A unidade, fechada em dezembro de 2015, foi apenas a primeira de pelo menos outras três que encerrarão as atividades no Estado. A marca Bompreço pertence ao grupo norte-americano Walmart. “Por conta do atual ambiente econômico no Brasil, a empresa tomou a decisão de fechar algumas unidades em Maceió. Estamos fazendo todo o possível para transferir funcionários dessas unidades para outras lojas”, informou a empresa por nota.

Queda em todo país
Dos 26 Estados (mais o Distrito Federal), apenas um não apresentou queda no número de estabelecimentos varejistas (Roraima). O que mais recuou foi o Espírito Santo, com menos 18,5% lojas, seguido do Amapá (-16,6%), Rio Grande do Sul (-16,4%), Sergipe (16,3%), Minas Gerais (-16,3%), Paraná (-16,2%) e Alagoas (-15,7%).

TNH1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *