Atacante que atuava no Catar é morto em tentativa de assalto no Guarujá

O atacante Johsnon Kendrick Feliciano da Costa foi morto nesta sexta-feira durante uma tentativa de assalto no Guarujá, cidade do litoral paulista. Aos 24 anos, o jogador defendida o Al-Gharafa, do Catar, e passava as férias com a família na Baixada Santista. Os criminosos ainda não foram encontrados.

Johnson retornaria ao Oriente Médio neste sábado. O jogador foi abordado por um motociclista, que tentou roubar sua corrente de ouro, mas acabou disparando contra sua face. Ainda não se sabe se a vítima acabou alvejada pelo fato de tentar reagir ao assalto, diz o MSN.

O atacante foi encaminhado ao Pronto Socorro de Vicente de Carvalho, distrito onde estava, mas não resistiu. Johnson não chegou a jogar futebol no Brasil, entretanto, trilhava uma carreira de sucesso no Catar.

Antes de se transferir para o Al-Gharafa, um dos clubes mais tradicionais do Catar, Johnson também defendeu o Muaither Sports Club, clube pelo qual conseguiu o acesso à elite do futebol do país.

07/07/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *