CRA-AL emite nota e desautoriza Conselheiros Ediberto e Carol

A decisão do Conselho Regional de Administração em reunião na manhã de hoje,emitiu uma nota, não reconhecendo  a posição tomada pela Conselheira titular Carol Simon ( nomeada para secretária de Planejamento)  e de seu Suplente  no Conselho Federal, Ediberto Omena, no momento , secretário adjunto da Saúde-Sesau -ambos são Comissionados do governo do Estado de Alagoas.

Os Administradores de CRA de Alagoas  também querem a apuração das fraudes  no Mestrado da Ufal.

A Conselheira Carolina Simon acumula empregos e nas mídias sociais é motivo de críticas.
Também, os conselheiros do CRA alagoano desejam apuração do  veículo  e seu desaparecimento  será investigando depois de denunciar ao Detran alagoano.
Voto dos conselheiros Ediberto Omena  e Carol Simon beneficiaria entidades privadas de ensino superior, e “tem conselheiro que é coordenador de Curso querendo lucrar com isso”, diz um dos comentários publicados hoje em redes sociais.
A Lista dos alunos da TURMA DA FRAUDE é esperada por todos, onde existem mais servidores do governador Renan Filho que ocupam cargos comissionados. Essa lista se encontra em poder da Policia Federal de Alagoas que começou a investigação.

Uma das irregularidades do conselheiro Ediberto Omena ter conseguido nomear para secretária de Planejamento, a conselheira Carol Simon que reside em Brasília e ganhando dinheiro do Estado sem trabalhar em Maceió.

Bernardino Souto Maior – 13/07/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *