Deputado diz que vai ao MP contra pardais eletrônicos em Maceió

ea59fc80-7570-4ce1-96a1-8f6a9071ed12

Da tribuna da Câmara dos Deputados, deputado federal Marx Beltrão (PMDB) disse – na tarde de hoje (01) – que vai ao Ministério Público (MP) contra a instalação dos ‘pardais’ eletrônicos em Maceió.

De acordo com Beltrão, a recomendação será feita ao MP – órgão fiscalizador – para que investigue a contratação de R$ 10 milhões.

Segundo o parlamentar, o contrato para a instalação dos equipamentos foi feito sem licitação.

“Quero registrar minha indignação enquanto cidadão e parlamentar por uma decisão tomada pela prefeitura de Maceió, em colocar os pardais espalhados por cidade, por uma prática abolida pela gestão anterior. O que me chama mais atenção é o contrato suspeito de quase R$ 10 milhões feito sem liciatação para colocar cerca de trinta pardais. Eu peço, enquanto parlamentar e vou fazer por escrito, que o MP investigue esse caso porque é – no mínimo – suspeito”, explicou.

Ainda no discurso, MB saiu em defesa do cidadão alagoano ao dizer que a população não aguenta mais pagar impostos e ser cobrada por multas – quando há maneiras de fazer uma educação no trânsito sem que pese no bolso do cidadão.

“Existem outros meios de refazer com que os redutores de velocidades não tenham multa. Existem outras maneiras de fazer com o que trânsito tenha mais segurança. O cidadão alagoano já não aguenta pagar tantos impostos, pagar taxas caras para regulamentar seus carros, tirar suas licenças e ainda serem penalizados”, concluiu Marx Beltrão.

Confira abaixo o vídeo do discurso na tribuna da Câmara dos Deputados.:

Rede CM