Desconhecido no Brasil, Fabiano Soares vai treinar o Atlético-PR

Agora é com Fabiano Soares. Brasileiro naturalizado espanhol, ele foi apresentado como treinador do Atlético-PR na tarde desta terça-feira, no CT do Caju, pelo presidente do clube, Luiz Sallim Emed. Ele chega para assumir o lugar deixado por Eduardo Baptista, demitido na segunda-feira.

Caso o comandante saia no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, poderá estrear no Furacão diante do Cruzeiro, às 21h45 (de Brasília) de quarta-feira, na Arena da Baixada, informa o Ge.

– Fizemos um casamento perfeito, as minhas ideias com as ideias deles, batem quase 100%. Me contratam porque tenho potencial, e também sei do potencial do Atlético-PR e dos jogadores, e o que o clube pode me dar, por isso descartei fora – disse Soares, na apresentação.

Desconhecido para o público, Fabiano Soares foi anunciado na manhã desta terça-feira como técnico do Atlético-PR. Ex-jogador de Botafogo e Cruzeiro e técnico com experiência apenas em Portugal, Soares foi demitido em dezembro do Estoril, time que o promoveu a treinador principal em 2015. Sobre a desconfiança da torcida, o novo técnico pede passagem:

– Normal. Na Europa passei a vida toda, mais do que aqui no Brasil. Quem me deu o benefício da dúvida que venha ao estádio, anime a equipe. E que eles vão ver pouco a pouco como quero jogar, como o Atlético-PR vai jogar. E com os resultados saindo eu vou ganhar a graça dos torcedores.

A Federação Espanhola criou um curso para jogadores na Espanha, e nesse grupo estava Guardiola, Luis Henrique e outros. Fui galgando pouco a pouco. Tenho um conhecimento bastante razoável para dar treinamentos e capacitado

O estilo de jogo de Soares também é claro: posse de bola, controle de jogo e em busca do ataque.

– Me defino como um treinador com ideias claras. Estou treinando uma equipe de ponta, grande. E temos que jogar como equipe grande, em casa ou fora, a mesma maneira de jogar, buscando o controle do jogo e o gol. Um Atlético-PR que vai jogar como a nossa torcida quer, que vai controlar o jogo, com posse e fazendo um bom jogo para sair desses quatro jogos sem ganhar.

De acordo com o presidente Luiz Sallim Emed, Fabiano Soares não é uma aposta e chega com o aval do departamento de inteligência do Atlético-PR. Ele ainda deixou uma indireta para o recém-demitido Eduardo Baptista, que deixou o clube por não se adaptar ao “projeto”.

– Nós não estamos apostando. Está demonstrado o trabalho que ele fez, se preparou e está tendo a oportunidade. É melhor trazer alguém que possa crescer do que trazer um técnico reconhecido, com bons trabalhos, que não consegue ainda administrar a tecnologia, se identificar com o projeto e a filosofia – cutucou o presidente.

11/07/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *