Desembargadora do TJ deferiu uma liminar mantendo apenas os votos dos Conselheiros Titulares do TCE

A decisão da eleição do Tribunal de Contas de Alagoas estava nas  mãos do Tribunal de Justiça, ou melhor, a cargo da desembargadora Elisabeth Carvalho.

A magistrada deferiu nesta sexta,14, uma liminar para que seja mantido apenas os votos dos conselheiros titulares, conforme a lei orgânica e o regimento interno.

Neste caso, o pedido formal do conselheiro Anselmo Brito, foi desconsiderado. A partir daí, a mudança do regimento não foi autorizada.

Anselmo seria segundo informações de bastidores, eleitor da atual presidente Rosa Albuquerque, e por isso agiu politicamente para que o tribunal considerasse o voto dos conselheiros substitutos,uma suposta manobra, no intuito de mudar o resultado do pleito.

No entanto, isso só ocorre em votações que não envolvem os cargos de presidente e vice.

Até o momento o pleito estaria empatado, já que Rosa tinha até a última quarta uma estimativa de três votos, incluindo o próprio e Otávio, também três. De acordo com as regras da casa o desempate seria a idade.
A eleição acontece este sábado (15), às 10h, em plenário.
* Com A Notícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *