Lula anuncia que vai buscar candidatura à Presidência em 2018

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quinta-feira que a condenação de 9 anos e 6 meses de prisão determinada pelo juiz Sérgio Moro tem um componente político muito forte, e disse que sente uma tentativa de tirá-lo do jogo político antes das eleições presidenciais de 2018.

Lula afirmou ainda, em pronunciamento à imprensa na sede nacional do PT em São Paulo, que não existe nenhuma prova contra ele no processo, e que a única prova existente é a da sua inocência, informa o Terra.

“A história na verdade é quem vai dizer quem está certo e quem está errado”, afirmou. “A única prova que existe nesse processo é a prova da minha inocência.”

Candidatura

O ex-presidente afirmou  que vai reivindicar do PT do direito de ser candidato a presidente pelo partido na eleição de 2018.

“Se alguém pensa que com essa sentença me tiraram do jogo, podem saber que eu estou no jogo”, disse Lula em pronunciamento à imprensa, um dia após ter sido condenado a 9 anos e 6 meses de prisão pelo juiz Sérgio Moro.

“Quem acha que é o fim do Lula vai quebrar a cara, porque somente na política quem tem o direito de decretar o meu fim é o povo brasileiro”, disse.

Lula afirma que a denúncia é baseada em um mentira, e seus advogados anunciaram que irão recorrer. “O que me deixa indignado, mas sem perder a ternura, é perceber que você está sendo vítima de um grupo de pessoas que contaram a primeira mentira e vão passar a vida inteira para justificar a primeira mentira que contaram que o Lula era dono de um tríplex”, disse o ex-presidente.

Moro também determinou a proibição de o ex-presidente exercer qualquer cargo público, com base na lei de lavagem de dinheiro, por 19 anos.

13/07/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *