Piranhas atacam banhistas em Alagoas

noticia_42074

Um cardume de piranhas atacou banhistas em localidade conhecida como Praia do Cristo, no Rio São Francisco, em Pão de Açúcar. Ataques foram registrados nos últimos dez dias e foram mais frequentes no período carnavalesco, período em que o número de banhistas dobra.

Pelo menos 24 pessoas deram entrada na Unidade Mista Doutor Djalma Gonçalves Anjos com ferimentos provocados pelas piranhas do tipo ‘branca’ e ‘pirambeba’, da espécie Serrasalmus brandti. A maior parte dos ataques foram registrados nos pés das vítimas que chegavam ao hospital com dor e sangramento.

Uma equipe do portal Diário Arapiraca esteve na unidade de saúde e conversou com a diretora do hospital, Graça Correia, que relatou que um policial militar foi atacado e teve uma parte do dedo decepado.

pésNativos acreditam que os ataques são decorrentes de um desiquilíbrio na cadeia alimentar em virtude da pesca indiscriminada. A falta de alimento para as piranhas tem trazido cardumes para águas mais rasas. O período de estiagem que baixou o nível da água do São Francisco também pode contribuir para o ‘fenômeno’.

Piranha
A espécie Serrasalmus brandti, é famosa por morder homens e outros animais. Com dentes tricúspides esses peixes são capazes de arrancar pedaços de suas presas. Apesar de se alimentar principalmente de outros peixes, as piranhas possuem uma variedade alimentar, também sendo encontrado em seu estômago coleópteros, moluscos, odonatas, entre outros invertebrados. Espécie brasileira (nativa) são encontradas na bacia do São Francisco.

1150fbfb22c131f63eaba41251a0609f

Diário de Arapiraca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *