Prédio onde funciona CNN é esvaziado por ameaça de bomba em NY

O Time Warner Center, em Manhattan, que abriga a CNN, foi evacuado depois que alguém fez uma denúncia sobre uma ameaça de bomba na noite dessa quinta-feira (6) – madrugada desta sexta-feira (7) no Brasil – informou a estação WABC de Nova York, da ABC.

Após uma varredura no prédio, a polícia não encontrou nenhum explosivo e os funcionários foram autorizados a entrar no prédio logo após as 23h. A segurança da CNN também procurou e não encontrou nada. Vários funcionários da CNN estavam tuitando sobre o incidente.

O programa da CNN de  Don Lemon estava no ar e a programação da emissora foi interrompida, escreveu o jornalista no Twitter, segundo o MSN.

A CNN também foi evacuada há apenas dois meses, depois que uma bomba foi enviada ao prédio e interceptada na sala de correspondência. Esse pacote foi endereçado ao ex-diretor da CIA John Brennan, que contribuiu para a rede por um tempo. Cesar Sayoc, um residente da Flórida, foi preso por supostamente enviar essa bomba, bem como vários outros, a proeminentes democratas, incluindo Hillary Clinton, Cory Booker e Maxine Waters. Sayoc foi indiciado no mês passado.

O edifício está localizado em Columbus Circle, no canto sudoeste do Central Park. Também inclui residências, uma loja Whole Foods e várias lojas de grife, como Michael Kors, Swarovski, Cole Haan e Coach. O presidente Donald Trump, que fez carreira política atacando a CNN, tuitou sobre “notícias falsas” no momento da ameaça de bomba. Ele se referiu repetidamente à CNN por esse apelido.

07/12/2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *